Desentupidora Curitiba 24 horas

Umidade, mofo e infiltrações como se prevenir ou se livrar deles

O Mofo

A umidade é o maior criadouro de mofos. Casa bem arejada e limpa também é garantia contra o mofo. O mofo é provocado pelo excesso de umidade no ambiente, e pode se desenvolver em vários lugares da casa, como paredes, tetos, banheiros e armários. Os tecidos da cortina, estofados e almofadas também são suscetíveis ao problema. O couro, um dos materiais mais sensíveis ao bolor, podem ser limpos com vinagre branco. “Não há mofo que resista. O vinagre é o maior aliado para a retirada de qualquer tipo de bolor”.

Como evitar o mofo

Ter uma boa ventilação dentro de casa, por exemplo, ajuda muito contra o mofo. No caso de ambientes com muita umidade, como banheiros, cozinha e lavanderia, existem hoje no mercado tintas e outros produtos específicos que evitam a proliferação de fungos. No caso dos tecidos e roupas delicadas, o ideal, segundo Paula, é guardar tudo em sacos de TNT ou algodão. Pastilhas antimofo dentro dos armários também podem minimizar o problema.

  • Fique atento à umidade e à infiltração de água;
  • Não deixe acumular objetos e coisas dentro de casa, para que não torne mais difícil a detecção do mofo e a limpeza;
  • Deixe sua casa respirar e arejar sempre que possível;
  • Tenha hábitos de limpeza periódicos;

Como retirar o bolor

Nos tecidos, a limpeza da mancha de bolor é mais difícil. Diferentemente de paredes e tetos, os estofados não podem ser limpos com água sanitária, explica Diego Augusto Lobado, consultor do Idea Clean Limpeza Profissional. Para a retirada do bolor, Diego afirma que a melhor opção é o uso de um xampu neutralizador, que é espalhado com a ajuda de um aspirador com filtro d’água. “Depois de limpar, com a utilização de uma escova, você pode secar com um pano e deixar à sombra”, sugere o profissional. Secagem ao sol e o uso de produtos inadequados danificam o tecido e fragilizam suas fibras. [via gazeta do povo]

Para remover o mofo dos azulejos do banheiro e cozinha, faça uma mistura de 100 mL de agua sanitária diluída em um litro de agua. Com a ajuda de uma esponja, esfregue esta solução nos lugares com mofo e deixe agir por cinco minutos; depois, lave com água abundante. Para remover o mofo do teto e das paredes, o ideal é procurar produtos no supermercado que são específicos para isso. Antes de passar o produto,  limpe o teto ou paredes com a solução de água sanitária e água, retire todo o excesso de mofo e  aplique o produto antimofo no local, deixe agir por um dia e veja o resultado. [via Curapelanatureza]

Importante: O mofo produz esporos que podem causar graves infecções. Ainda associado a este fungo existe o risco de hemorragias pulmonares e insuficiências do sistema imunológico.

Como-Tirar-Mofo-da-Parede-nas-paredes-extensas

Infiltração e impermeabilização na parede

A umidade, o mofo e a infiltração não costumam aparecer separados, ou seja, se algum ambiente da sua casa é úmido, logo o mofo aparecerá. Existem maneiras de fazer a impermeabilização na parede, mas é preciso entender que quase sempre o sinal que se manifesta nela é resultado de uma infiltração em outro lugar. Quando é o caso, impermeabilizar a parede não vai resolver a causa do problema – e há grandes chances dos problemas reaparecerem. Fazer uma intervenção na parede, sendo que a umidade está vindo de outro local, não vai resolver o problema de maneira definitiva. Dessa forma, cabe a pergunta: quais são as principais causas de infiltração na estrutura?

Em paredes por onde passam as tubulações de água e esgoto, é possível haver infiltração. As conexões podem apresentar falhas e a água pode acabar vazando. Quando é identificado esse problema, assim como nos casos anteriores, é preciso sana-lo antes de fazer as intervenções nas paredes, caso contrário, o problema vai persistir.

A Desentupidora Absoluta investiga as causas de infiltração na estrutura, utilizando uma metodologia de trabalho onde segue os padrões consistindo na varredura inicial nas partes acessíveis da rede – como cavaletes, hidrômetros e registros de passeio, para localizar possíveis vazamentos, prosseguindo com a pesquisa através de geofones mecânicos e eletrônicos, correlacionadores de ruídos, sondas de percussão, manômetros e rodas de medição.

Problemas de infiltração podem ser a causa da proliferação de mofo e bolor em casa. Caça vazamentos e Desentupidora Curitiba: Ligue para a Desentupidora Aboluta: (41) 3045 7444


 

Saiba o que fazer quando há infiltrações no apartamento

20429975_865080730327769_6584934324945344185_nHá, basicamente, três motivos para o surgimento de infiltrações.

São vazamentos, falhas na impermeabilização da laje e o lençol freático.

Umidade na parede, manchas escuras no teto do banheiro, pintura descascada e mofo são alguns indícios de algum problema com o encanamento e nas tubulações, que podem estar sendo geradas no apartamento do vizinho ou no condomínio.

E para que a situação não se torne um problema com o outro morador – já que, às vezes, ele não tem culpa do ocorrido – é preciso “jogo de cintura” e paciência para que os envolvidos se entendam da melhor forma possível para resolver a questão.

Há, basicamente, três motivos para o surgimento de infiltrações: vazamentos; falhas na impermeabilização da laje; e o lençol freático – caso que provoca a infiltração no poço do elevador.

Desentupidora para condomínios e apartamentos: Ligue para a Desentupidora Absoluta: (41) 3045 7444

A Desentupidora Absoluta é uma empresa especializada em conserto de vazamentos e desentupimentos em geral. Possuimos equipamentos que acusam o ruído (imperceptível a audição) provocado pelo vazamento, e mostram o local exato da infiltração.

“O condômino prejudicado deverá entrar em contato com o síndico e relatar o fato. Ele, por sua vez, fará uma investigação da origem do vazamento. Caso seja da rede comum aos condôminos, o próprio condomínio fará a correção. Já se o problema for na tubulação interna da unidade privada, o síndico fará a comunicação ao condômino causador, solicitando a correção do vazamento, bem como o acerto da unidade prejudicada”, explicou o diretor de uma administradora de condomínios.

No caso de imóvel alugado, o proprietário deve arcar com as despesas quando a infiltração ocorrer devido ao desgaste natural da estrutura. Porém, se o inquilino fizer alguma reforma e acabar perfurando o encanamento, então ele terá que pagar o conserto. “O reparo leva em média cinco dias, considerando a necessidade da recuperação do gesso e pintura e dependendo da complexidade dos serviços”, alerta a administradora.

Salvar

Batidas na parede ajudam a identificar vazamentos; veja como

Testes simples nas torneiras e no vaso sanitário também são formas de saber se há problemas nas instalações hidráulicas

Vazamentos são o tipo de “ameaça invisível” que pode causar grandes estragos sem que ninguém perceba, como mofo, umidade, descolamento de azulejos e da pintura, comprometimento de paredes e uma conta de água nas alturas. Tudo isso, no entanto, pode ser evitado utilizando técnicas simples para identificar problemas no encanamento, como testes nas torneiras e batidas nas paredes. Veja a seguir algumas dicas da Sabesp para descobrir se está tudo em ordem com as instalações hidráulicas da casa.

Fique sempre atento para os indícios mais visíveis, como manchas de infiltração, mofo ou poças d’água se formando em algum ponto da residência. Mudança da coloração do revestimento ou desprendimento de azulejos e pintura também podem ser sinais de vazamento.

Problemas de vazamento ou infiltração? Chame um profissional da Desentupidora Absoluta.

Ligue já! (41) 3045-7444

Às vezes, porém, o problema é nos canos e não deixa sinais visíveis do lado de fora da parede. Nesses casos é preciso realizar alguns testes simples. Se a casa for abastecida pela caixa d’água, feche todas as torneiras, desligue os aparelhos que usam água e não use os sanitários. Depois disso, feche a torneira de boia da caixa e marque o nível da água presente nela. Se, depois de uma hora, esse nível baixar, é sinal de que há problemas no sistema.

Se os canos forem alimentados diretamente pela rede, feche o registro localizado na parede, abra uma torneira alimentada por ela (geralmente a do tanque) e espere a água parar de sair. Quando isso acontecer, coloque um copo cheio de água na boca da torneira. Se o líquido for sugado, há vazamento.

Para encontrar o local exato do problema, o ideal é fazer o teste da batida na parede. Porém, para que ele seja é eficaz, é preciso saber onde passam os canos. O teste é simples, e consiste em bater em toda a extensão do encanamento para verificar se o som é diferente em alguma parte. Um ruído anormal indica a possibilidade vazamento.

Finalmente, para saber se existem problemas na válvula ou na caixa de descarga, jogue borra de café no vaso sanitário. Se ela não ficar depositada no fundo, significa que existe vazamento no sistema.

Orçamento sem compromisso: ligue já para a Desentupidora Absoluta! (41) 3045-7444

 

Fonte

Salvar

Desentupidora Curitiba 24 horas

Saiba como limpar a esponja de cozinha para ficar livre de fungos e bactérias

A Desentupidora Curitiba Absoluta se preocupa com soluções sustentáveis para manter a limpeza em geral e por isso compartilhamos essas dicas indispensáveis para evitar fungos e bactérias que podem se acumular apenas em uma esponja de cozinha.

Você sabia que a esponja de cozinha pode ser uma “casinha” para fungos e bactérias? Para evitar que a pessoa contraia doenças a partir do uso de uma esponja contaminada, o infectologista Edimilson Migowski contou quais as formas corretas para manter a esponja fora do alcance desses vilões. No programa, ele reforçou o alerta: “São vários perigos. Pode ter bactérias e fungos, principalmente. Os fungos dão micose de unhas. E quando a pessoa está com a imunidade baixa ou está em um ambiente hospitalar, pode ter infecção grave”, explicou ele. Notícia completa: Globo

Edimilson avaliou as várias formas de limpar a esponja e falou sobre a validade do produto. “Recomenda-se na embalagem usar por até quatro semanas. Mas isso depende muito da forma como você usa. Na minha casa, como moro sozinho, ela dura mais tempo, porque não uso tanto. O importante é saber guardar e fazer uma boa higiene”, disse. “Pegar sol é ótimo porque diminui a proliferação de bactérias e fungos”, explicou também o infectologista.

Qual a melhor maneira de limpar a esponja?

esponja-fervidaNo programa, o especialista dividiu uma esponja em quatro pedaços para uma experiência: perceber a eficácia da limpeza escolhida para cada uma delas e a quantidade de bactérias encontrada nos pedacinhos. O primeiro pedaço ficou reservado, sujinho mesmo. O segundo pedaço foi lavado com água e sabão. Já o terceiro foi inserido em uma tigela com água e colocado no micro-ondas por dois minutos, em potência alta. A quarta parte da esponja foi colocada na água fervida por 10 minutos. Veja abaixo o resultado:

Esponja suja – Foram encontrados quatro tipos de bactérias, como as intestinais e a cândida, que pode dar micose de unhas, corrimento nas mulheres e “sapinho” nas crianças.

Esponja lavada com água e sabão – Diminuiu bem o número de colônias comparando com a amostra da esponja suja, mas continuou com muitos micro-organismos.

Esponja no micro-ondas – Ficou livre dos micro-organismos.

Esponja na água fervendo – Ficou livre dos micro-organismos.

A Desentupidora Curitiba Absoluta está sempre atenta em dicas de limpeza e higiene, mantenha-se atualizado também! A Absoluta é a sua solução em desentupimentos, hidrojateamentos, limpa fossa e caça vazamentos em Curitiba e Região Metropolitana!